Pórtico da Exposição Farroupilha - 1935

Pórtico da Exposição Farroupilha - 1935
Minha foto
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil

FOTO ADIVINHAÇÃO

FOTO ADIVINHAÇÃO

Hoje estamos postando uma nova "Foto Adivinhação" e dando o resultado da anterior.

A resposta correta era: A Rua Mostardeiro

A imagem que estamos postando hoje é de uma antiga praça de POA . Na imagem aparecem tres grandes prédios. Os dois que estão situados mais à direita existem até hoje e estão preservados na sua arquitetura original. O prédio da esquerda já desapareceu mas abrigava um tradicional cinema de Porto Alegre.


Que local é este? Vale citar as ruas, esquinas etc


Os acertadores receberão uma foto brinde, em alta definição e que poderá ser ampliada e enquadrada se assim desejarem.

Participe , voce pode tentar várias vezes até acertar

Mande sua resposta para:

ronaldomarcos.bastos@gmail.com

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Luiz Terragno - O Primeiro Fotógrafo de Porto Alegre

O Primeiro Estúdio Fotográfico de Porto Alegre
Nesta casa da esquina da Rua Vigário José Inácio  com a Rua Gal. Vitorino instalou-se o primeiro atelier fotográfico de Porto Alegre em 1853. Esta fotografia foi tomada em 1860 quando Terragno voltou a ocupar o mesmo prédio. No letreiro le-se: 
L. TERRAGNO RETRATISTA .
Luis Terragno em auto-retrato por volta de 1870. Desconheço o local onde esta fotografia foi tomada mas, muito provavelmente, tenha sido no seu estúdio em Porto Alegre.
Tres fotografias de Luis Teragno retiradas de um álbum de família e datadas de 1880.
Um estúdio fotográfico  semelhante ao que Terragno mantinha em Porto Alegre

Uma Fotografia Muito Rara

Esta fotografia é uma raridade pois além de existirem pouquíssimas cópias da mesma, ainda foi tomada em 1860 e dentro da Igreja das Dores. Fotografia deste tipo, no interior de igrejas e ainda com a presença de pessoas, eram raríssimas naquela época. Um trabalho de mestre.

As Primeiras Imagens Estereoscópicas da Cidade

Raríssima fotografia estereoscópica mostrando a Praça da Harmonia em 1865. Terragno foi o primeiro fotógrafo a obter imagens estereoscópicas da cidade. A Camera utilizada era do tipo que aparece na fotografia abaixo

Terragno Fotografou a Porto Alegre Ainda Menina

Este conjunto de fotografias que apresentamos abaixo é uma parte importante do legado que Terragno nos deixou de vistas da cidade ainda jovem, quase uma vila.Acreditamos que ainda há muita coisa perdida ou esquecida em algum baú e quem sabe o tempo fará aparecer.
Fotografia da subida da Rua da Praia em 1860. Esta é a imagem mais antiga que conhecemos da Rua da Praia.
Vista do Caminho Novo(atual Voluntários da Pátria) quando ainda era a beira do Guaíba. A parte mais alta da cidade aparece ao fundo. A fotografia é de 1865 e foi presenteada ao Imperador D. Pedro II juntamente com as fotografias tomadas no estúdio na mesma época
O Caminho Novo em 1865. Esta fotografia deve ter sido tomada no mesmo dia da fotografia de cima porém de outro angulo.
Fotografia da esquina da Rua Marechal Floriano com o Caminho Novo(atual Voluntários da Pátria) em 1880.
Fotografia da Praça da Matriz em 1865. Nesta época ainda não havia nenhuma urbanização nem ajardinamento e apenas o Chafariz da Hidráulica já tinha sido colocado no centro da praça.
Fotografia da Festa do Divino Espírito Santo que ocorria em frente a Igreja Matriz. Observar as barracas e o coreto em um aspecto típico das Quermesses de antigamente. A fotografia é de 1880 (aprox.)
Fotografia tomada desde a Rua Riachuelo em direção a Praça da Matriz. Um lampião a óleo de baleia aparece em primeiro plano e os alicerces da futura Casa da Camara (depois Tribunal de Justiça) salientam-se no centro da imagem. Fotografia tomada em 1865.
Fotografia da Cidade Baixa em 1880. A Rua que aparece em diagonal ao centro é a antiga Rua do Arvoredo(hoje Cel. Fernando Machado. Bem ao fundo se observa a Rua Lima e Silva e o Convento do Carmo.
Esta é a fotografia mais antiga que conhecemos do Colégio Militar (Escola de Cadetes). A fotografia foi tomada quando o edifício estava na fase final de construção em 1885.
Esta provavelmente seja a fotografia mais antiga do Mercado. Nela aparece o largo em frente ao mesmo e o início da Voluntários da Pátria. A fotografia é de 1870.
Rua do Arvoredo em 1860
Rua Riachuelo em 1865
Rua Duque de Caxias em 1880
Casa do Linguiceiro da Rua do Arvoredo em 1880
Vista da Rua da Ladeira (Gal. Camara) em 1875.
Rua Sete de Setembro em 1860

Terragno Foi o Primeiro a Fotografar o Teatro São Pedro

Teatro São Pedro em fotografia tomada do antigo Palácio da Presidencia em 1860. Quando Terragno fez esta imagem o Teatro ainda não tinha dois anos de funcionamento.
Fotografia do Teatro São Pedro e parte da Praça da Matriz já com o chafariz da Hidráulica Portoalegrense em 1865. Fotografia originalmente em P&B e colorizada eletronicamente.
O Teatro São Pedro em 1875.

Fotógrafo da Casa Imperial

Chegada de D. Pedro II e toda a Família Real aos Cais da Alfandega em 1865. Terragno foi o único fotógrafo a registrar o evento em Porto Alegre, cabendo a Sucini & Irmão retratar a chegada do monarca à cidade de Rio Grande.
                                  D. Pedro II                          Conde D'Eu                        Duque de Saxe
Estas tres fotografias foram tomadas no estúdio de Luiz Terragno em Porto Alegre logo depois da volta  de D. Pedro do front da Guerra do Paraguai. Nelas aparece D. Pedro e os dois genros: o Conde D'Eu (na ocasião com 23 anos de idade), marido da Princesa Isabel e o Duque de Saxe, marido da Princesa Leopoldina. Estas fotografias valeram a Terragno o título de "Fotógrafo da Casa Imperial" conferido por D. Pedro II àqueles fotógrafos que se distinguiam pela qualidade de seus trabalhos. Terragno foi o único fotógrafo do Rio Grande do Sul a receber a honraria.
Quadro confeccionado por Terragno em 1865 mostrando várias imagens da cidade contornando uma pintura do SéculoXIX. Este quadro também foi oferecido a D. Pedro II.
Imagem do verso de uma fotografia do estúdio de Luiz Terragno já ostentando o título de "Fotógrafo da Casa Imperial". A fotografia é de 1883.

As Mais Antigas Fotografias da Santa Casa

Fotografia da Santa Casa e parte da Rua Pinto Bandeira - 1858
Fotografia da Santa Casa e terrenos fronteiros ainda sem nenhuma urbanização. - 1860
Fotografia da Santa Casa em 1865
São de Luiz Terragno as mais antigas imagens da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Estas tres fotografias são as mais antigas que temos conhecimento.

Terragno Viu, Mas Sua Camera Não Registrou


Panorama da Praça da Harmonia em 1865
Panorama da Cidade Baixa em 1860
Panorama da Praça da Matriz em 1865
Estas fotografias panoramicas mostradas acima são, na verdade,montagens eletronicas a partir de fotografias com angulos menores. As cameras daquela época, não tinham lentes de grande angulo (grande angular) e os fotógrafos faziam várias fotografias de um mesmo local em diferentes angulos. A computação gráfica permite a fusão destas imagens transformando as mesmas em lindos panoramas que o fotógrafo conseguia ver mas as suas cameras não tinham a capacidade de captar.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

A Praça XV de Novembro em Porto Alegre

Imagens da Década de 60

Duas Vistas Panoramicas em 1939


Fotografia: W. Hoffmann Harnisch Filho
As duas fotografias acima mostram panoramas da Praça XV em 1939. Na foto superior aparece parte do Mercado Público, a Marechal Floriano e no canto, à direita, o início da Avenida Borges de Medeiros.
A fotografia inferior é aérea e mostra além da Praça XV todas as ruas de seu entorno.

Fotógrafos Lambe-Lambe - Uma Tradição que Desaparece

A PraçaXV, juntamente com a Parobé, tinha grande quantidade de fotógrafos ambulantes denominados Lambe-lambe. As cameras, quase todas pintadas na cor vermelha e o tradicional balde com água para lavagem das fotografias faziam parte das características destes fotógrafos em extinção.
Fotografia: Miguel Castro - 1950 
                 
Dois jovens rapazes, vestidos de acordo com a moda da época, solicitaram ao Lambe-lambe (Photo Cruzeiro) que gravasse está cena por volta de 1930. O chalé era muito frequentado pelos moradores da cidade e lá era famoso o Chope preto e o Sanduíche Farroupilha
Fotografia: Photo Cruzeiro (Lambe-lambe)
                 
Esta fotografia mostra um fotógrafo Lambe-lambe na Praça XV em 1980 tendo ao fundo o tradicional Chalé.
Fotografia: Portoimagem - 1980                                                                
                 
Fotografia: Jornal ZH
Fotografia: Ronaldo Marcos Bastos - 2010
Varcelí de Freitas Filho herdou do pai a camera e o conhecimento do ofício de fotógrafo. Modesto e muito afável, anda pelos parques e praças da cidade fazendo fotografias. O último dos Lambe-lambe declara que vai se aposentar em breve. Nestas fotografias acima ele aparece no Bric da Redenção.
Quando voce ver este homem em alguma praça ou parque da cidade, peça a ele para tirar uma foto com o seu namorado ou namorada, seu filho ou neto. Custa muito pouco. Não deixe de faze-lo pois estará perdendo uma das últimas oportunidades de conseguir uma fotografia pelo tradicional método do Lambe-lambe. Dentro de alguns anos, estas fotos serão verdadeiras relíquias da história da cidade.

A Construção do Abrigo e a Diminuição da Área da Praça


O Abrigo de Bondes da Praça XV de Novembro, foi construído em duas etapas. No início da década de 1930,foi construída, pela Companhia Carris Porto-Alegrense, uma primeira ala voltada para a Rua José Montaury. Em 1935, o abrigo foi prolongado, uma ala voltada para o edifício Malakof(hoje Delapieve). O abrigo atendia aos usuários das linhas de bondes Floresta e Independência, com acesso pelo lado voltado para a Praça XV, e a linha para a Cidade Baixa e Partenon pela ala do Edifício Malakof. Servia como ponto de confluência e baldeação.
Nesta fotografia, tomada do Edifício Malakof por volta de 1934, podemos ver a parte do abrigo que ficava voltada para a Rua José Montaury. Ao fundo aparece o edifício do antigo Hotel Jung.

                                          
A imagem acima, tomada em 1934, mostra a obras para construção da segunda parte do abrigo que ficava voltada para o edifício Malakof que aparece ao centro da fotografia.
Nas duas fotografias acima já podemos observar que a segunda parte do abrigo foi concluída. Ambas as fotografias são de 1936.
Neste anúncio,retirado do Guia Otten de 1942 podemos constatar que no abrigo funcionou uma rádio que possuia alto-falantes colocados de maneira que os usuários dos bondes pudessem ouvi-la. Segundo o pesquisador Luis A. Ferrareto, esta foi a nossa "Voz do Poste" como eram denominadas as rádios primitivas que possuiam alto-falantes nas praças e locais públicos principalmente nas cidades do interior do estado.
Imagem de satélite (Google) mostrando a configuração atual da Praça XV com o abrigo, em forma de L, margeando dois de seus lados.