Hospital Parque Belém

Hospital Parque Belém
Hospital Parque Belém - Vista da Parte Fronteira
Minha foto
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Herr Collembusch - Um Amador Oitocentista em Porto Alegre

A capa do álbum de Herr Collenbusch e a etiqueta colada na contracapa mostrando que foi importado da Alemanha. O Álbum, com aproximadamente 115 anos, tem 64 páginas das quais 61 estão com fotografias coladas e tres não foram utilizadas. Encontra-se em perfeito estado de conservação.
Duas páginas do álbum contendo quatro fotografias coladas. As fotografias são todas em papel de tom sépia e cujo tamanho varia entre 16,5cm x 11,5cm as maiores e 11,0cm x 8,0cm as menores. Das 170 fotografias somente tres não puderam ser aproveitadas pois se encontravam sem condições de serem reproduzidas.Creio que tiveram algum tipo de erro na fixação química.
Collembusch fez anotações em alemão, de próprio punho, em baixo da maioria das fotografias coladas no álbum. Dezesseis delas ainda não foram devidamente identificadas pois não haviam anotações nas mesmas.
CLIQUE PARA AMPLIAR
Na contracapa existe uma dedicatória do próprio Collenbusch para Alzira Backmund datada de 1900. Abaixo desta, o próprio Pedro Chaves Barcellos fez anotações em 1964, referentes a origem do álbum após o retorno de sua viagem a Munique.
Auto retrato de Herr Collenbusch com roupas e apetrechos para a caça. Fotografia de 1897.
A tres fotografias acima mostram um grupo de caçadores e o pequeno vapor que os levava para os arredores de Porto Alegre onde praticavam o seu esporte. Estas fotografias foram tomadas nas margens do Rio Gravataí em um trecho muito próximo onde hoje passa a Auto-estrada Porto Alegre-Osório (Freeway). Herr Collenbusch está entre eles e aparece em detalhe na fotografia de baixo com a mão sobre seu cão. Fotografias de 1897.

Fotografias de Edifícios Importantes

As duas fotografias acima mostram manobras militares em frente a Escola de Cadetes (atual Colégio Militar) no antigo campo da Redenção. Fotografias de 1897. Neste dia a instituição recebia a visita do governador Julio Prates de Castilhos.
Fotografia da parte fronteira do antigo presídio de Porto Alegre (Casa de Correção). Situava-se ao lado da Usina do Gasometro na zona conhecida como "Ponta da Cadeia". Fotografia de 1898.
O Antigo palácio do governo em fotografia tomada alguns dias antes de se iniciar a demolição do mesmo em 1895. Na fotografia de baixo aparece o palácio já sendo demolido.
Fotografia tomada em 1894 e que mostra a velha Igreja de Nossa Senhora do Rosário na rua Vigário José Inácio.

O Mercado Público e parte da Doca das Frutas em 1897.
O Teatro São Pedro. Fotografia de 1898.

Fotografias do Porto e das Docas

Panorama do Cais da Alfandega em 1895. Na fotografia abaixo vemos um detalhe no qual aparece o trapiche da Guardamoria tendo ao fundo a Praça da Alfandega.
Panorama do Caminho Novo (atual Voluntários da Pátria) em 1895.
Panorama da Doca das Frutas que se situava ao lado do Mercado Público  sendo mais tarde aterrada ´para a construção da Praça Parobé.Fotografia de 1898.

As tres fotografias acima mostram o movimento de navios em frente ao antigo Cais da Alfandega de Porto Alegre em 1896.
Fotografia do grande navio Mercedes ancorado em frente ao cais de Porto Alegre em 1898.

Fotografias de Hamburgo Velho

Vista geral de Hamburgo Velho em 1895.
O pensionato evangélico de Hamburgo Velho em 1895.

Ruas e Avenidas

O correr de casas que aparece em primeiro plano ficavam  no alinhamento da atual Sarmento Leite. O local encontra-se bastante modificado desde a construção do Túnel da Conceição na década de 70. Ao fundo a antiga "Várzea" (atual Parque Farroupilha) e o Colégio Militar. Fotografia de 1897.
O inicio da Avenida Independencia em 1896. O muro alto da direita deu lugar ao Hospital São Francisco. Ao fundo observa´se as torres da Igreja Conceição. No terreno que aparece baldio à esquerda seria construído o Cine Teatro Apollo alguns anos mais tarde ( atualmente um edifício de garagens).
As duas fotografias acima mostram a mesma esquina  da Rua Senhor dos Passos com a Rua dos Andradas em dois angulos. As árvores que aparecem em ambas as fotografias são da Praça Dom Feliciano. Fotografias de 1895.
Um enterro na Rua Duque de Caxias em 1898.Naquela época as pessoas falecidas eram veladas em suas residencias e na hora do enterro, chegava o carro fúnebre da Santa Casa.
A rua 24 de Outubro em 1895. Em primeiro plano a Vila Christoffel, residencia do Sr. Alberto Bins.
O quartel do Sétimo Regimento na Avenida João Pessoa. Foi demolido para a construção do Viaduto Loureiro da Silva. Fotografia de 1898.
O chamado "Caminho Novo (atual Voluntários da Pátria) em 1896. O trecho fotografado situava-se entre o Mercado e a Rua do Rosário (atual Vigário José Inácio).

Locais Que se Transformaram

A sede da Schütz-Verein situada onde hoje se encontra a Sociedade dos Caixeiros e Viajantes entre a Rua Dona Laura e a Mostardeiro de frente para o Parcão. Os terrenos que aparecem em frente foram transformados mais tarde (1904) no primeiro campo de Gremio em Porto Alegre, a famosa "Baixada". Fotografia de 1895.
O barracão que aparece na beira do Guaíba é o antigo Teatro Politeama. No local, mais tarde seria construído o antigo Cine Teatro Coliseu. Fotografia de 1899.

Fotografias Gerais

Praça XV de Novembro ainda com muros e grades de ferro. A parte fotografada fica fronteira ao Mercado Público. Fotografia de 1895.
Área não identificada do bairro Navegantes inundada durante a grande enchente de julho de 1898.
As lavadeiras da chamada "Ponta da Cadeia" em 1898. As águas ainda limpas do Guaíba serviam para lavar as roupas de muitas lavadeiras na cidade baixa. As pedras que ficavam rio a dentro, serviam como "quarador".
Uma casa de banhos na Rua Voluntários da Pátria. A casa utilizava o famoso Sistema Kneipp de banhos terapeuticos.. Fotografia de 1896.
A tradicional "Feira do Peixe" que ocorria no cais de embarque atrás do Mercado Público. A fotografia é de 1895.
Esta fotografia, tomada em 1899, mostra uma das primeiras viagens do trenzinho da Tristeza levando também passageiros. Na fotografia, a composição passa na esquina com a Rua Botafogo.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

A Primeira Grande Metalúrgica do Rio Grande do Sul

A Primeira Grande Metalúrgica do Rio Grande do Sul

         O fundador de nossa primeira metalúrgica foi o alemão Emmerich Berta que em 1871 inicia, em pequena escala, a produção de cofres que era sua especialidade. A pequena empresa ficava situada no então Caminho Novo, atual Voluntários da Pátria e não passava de um pequeno pavilhão com poucos operários. Em 1891, depois de retornar da Europa e de ter trabalhado como comerciante de ferros, o Sr. Alberto Bins assume como sócio comandatário (sócio majoritário) a pequena indústria de Emmerich Berta e passa a conduzir a mesma até 1904 quando o Sr. Berta retirou-se da sociedade, ficando Alberto Bins como único proprietário. Nesta época a empresa passou a denominar-se “Fábrica Berta” em homenagem ao fundador e primeiro fabricante de cofres no Brasil. O Sr, Emmerich Berta faleceu em 1912.
      A grande capacidade de Alberto Bins como empresário deu grande impulso a empresa tanto que ampliou-a com a construção de cinco pavilhões e importação de máquinas modernas da Europa constituindo-se no maior complexo metalúrgico do estado naquela época.
        Em cada um dos pavilhões ficava localizada a linha de montagem dos principais produtos da fábrica que na época eram constituídos por cofres, camas de ferro, fogões à lenha, baldes, bacias galvanizadas e ferragens em geral tais como, fechaduras e dobradiças.
        Em 1910 a indústria era movida por dois motores à vapor cada um com 24 Hp. Já em 1930 a capacidade instalada de todos os motores ultrapassava 100 Hp.
Os Primeiros Anos da Empresa
Fachada da oficina mecanica de Emmerich Berta em fotografia de 1898.O pavilhão que aparece a esquerda  foi construído após a entrada de Alberto Bins para a sociedade. Nos primeiros anos a metalúrgica, a fundição e o estaleiro, funcionavam neste mesmo local que se situava na Rua Voluntários da Pátria nº 339(quase em frente ao antigo Cinema Coliseu).
Alberto Bins em 1900.
Fotografia de Otto Schönwald.
Fotografia dos funcionários da Metalúrgica Berta em 1902.
Detalhe da fotografia acima e na qual aparece o Sr. Emmerich Berta (asterísco) entre outros servidores.

 Os Primitivos Pavilhões da Metalúrgica
Nas fotografias abaixo aparecem vários aspectos do interior dos pavilhões da Metalúrgica Berta nos primeiros anos do Século XX.
Fotografia de 1910
Montagem de cofres: Fotografia de 1912
Montagem de cofres: Fotografia de 1912
Fotografia de 1910
Montagem de fogões em fotografia de 1910
Montagem de camas de ferro em fotografia de 1910
Fabricação de fechaduras e dobradiças em 1910