Hospital Parque Belém

Hospital Parque Belém
Hospital Parque Belém - Vista da Parte Fronteira
Minha foto
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Alguns Modelos de Bondes Americanos que Trafegaram em Porto Alegre


Vinte bondes usados foram adquiridos em 1934 da Richmond Railways em Staten Island na cidade de Nova Iorque. Estes veículos foram construídos por volta de 1924 pela Osgood - Bradley em Massachusets. Ao chegarem a Porto Alegre, passaram por uma reforma completa e foram numerados de 1 a 20. As duas fotografias abaixo mostram dois destes modelos. Na fotografia de cima (1960) o número 2 da linha Gasometro em frente ao Mercado Público e na fotografia de baixo (1957) o número 12 da linha Auxiliadora, pintado com cores não tradicionais da Companhia Carris, passa em frente a Praça XV de Novembro

                 
                    Fotografia da Coleção Foster M. Palmer
                                 Fotografia da Coleção William Jansen

Em 1940 a Companhia Carris importou doze bondes com 12 janelas, construídos em 1925 pela Perley Thomas Car Works in High Point (North Carolina) e que trafegaram durante 15 anos na cidade de Miami nos Estados Unidos. Na ocasião da chegada eles receberam os números 180 a 191, e mais tarde foram renumerados para 88 a 99. Na fotografia abaixo (1958) o bonde de número 98 da linha Azenha passa na Avenida João Pessoa próximo da esquina com a Venâncio Aires.
A última compra de bondes efetuada pela Carris foi em 1946 quando adquiriu 25 veículos com eixo duplo(oito rodas), construídos pela Osgood-Bradley em 1927 para a Worcester Street Railway em Massachusetts, Os números que receberam em Porto Alegre foram de 126 a 150. Na fotografia abaixo (1957) um destes modelos de número 137 aparece passando na Avenida Assis Brasil.

Dentro de sua grande capacidade instalada, em 1937 a Companhia Carris juntou 14 de seus Bondes Brill e construiu sete veículos com eixos duplos e lado curvado, que foram apelidados de Texanos (por que seu projeto original foi concebido por um desenhista texano), e numerados de 41 a 47. Na fotografia abaixo, um desses modelos reconstruídos em Porto Alegre, o número 47 da linha Dom Pedro II, passa na Avenida Cristovão Colombo em direção a Benjamim Constant quase naquele entroncamento com a Cel. Bordini em 1958. Esta localização foi uma colaboração do amigo Alfredo Luiz de Oliveira Filho. A fotografia é da Coleção William Janssen.
As 3 fotografias abaixo mostram etapas deste processo de reconstrução dos Texanos a partir do sucateamento de sete bondes Brill antigos.
Fotografia de Azevedo Dutra- Pátio da Carris - 1937
                 
                                            Fotografia de Azevedo Dutra- Pátio da Carris - 1937
Fotografia de Azevedo Dutra- Pátio da Carris - 1937
Em 1940, a Companhia Carris trouxe quatro bondes grandes da Pennsylvania, Estados Unidos. Os carros  eram modelos “Master-Unit”, construídos pela Brill  e foram numerados de 175 a 178. O número 177 é visto nesta fotografia trafegando pela Alberto Bins no sentido da Otávio Rocha em 1956.





Um comentário:

Deixe seu comentário e e-mail!