VARIG - 90 anos

VARIG - 90 anos
Vista Aérea do Colégio Rosário e Arredores - 1949
Minha foto
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

O Velódromo e o Circo das Touradas em Porto Alegre

O Circo das Touradas - 1901
Nesta fotografia podemos observar a estrutura e a localização do Circo das Touradas do antigo Campo da Redenção (ou da Várzea). A parte coberta (camarotes), ficava de costas para a João Pessoa. Encoberta pelas árvores está a esquina da Rua da República em cujo alinhamento, e do outro lado da avenida, situava-se o Circo das Touradas

Parte Coberta do Circo das Touradas - 1908

Nesta fotografia podemos ver a parte dos camarotes cobertos do Circo das Touradas. Haviam aproximadamente 30 camarotes com acomodações para um total de 120 pessoas. Bem ao centro na fotografia, podemos ver uma porta de acesso e uma escada lateral que levava direta e exclusivamente aos camarotes. Eram as acomodações mais caras e diferenciadas do Circo das Touradas e as únicas com cobertura.

Um Bandarilheiro em Ação na Arena da Praça de Touros - 1904

O bandarilheiro se esquiva do touro que já tem duas bandarilhas cravadas no lombo.Nos jornais da época não se observa menção a figura do matador e é possível deduzir que o touro não era sacrificado nas touradas em Porto Alegre. Isto, entretanto, não tem ainda uma comprovação definitiva.

Os Bandarilheiros Entram na Arena - 1904

Esta magnífica lembrança legada por Virgilio Calegari, mostra o momento em que os bandarilheiros a frente e atrás o cavaleiro, adentram na arena do Circo das Touradas para mais um espetáculo dominical. Ao fundo observamos o público nas arquibancadas populares de madeira

Arquibancadas Populares em Dia de Tourada - 1904

Um bandarilheiro crava as bandarilhas no touro enquanto a platéia nas populares vibra intensamente. Esta fotografia de Virgilio Calegari trás ao presente o que eram as tardes de domingo no Circo das Touradas em Porto Alegre.

Localização do Circo das Touradas - 2011

Estas duas fotografias tomadas recentemente, (20.02.2011) mostram o local onde se situava o Circo das Touradas no Parque da Redenção. Na fotografia superior aparece parte da pista da Avenida João Pessoa no alinhamento da Rua da República. Na fotografia inferior, onde aparece esta grande árvore ao centro, era o local onde se erguia o Circo.  Pelos estudos que fiz, este canteiro onde está aquela árvore central corresponde à arena do Circo das Touradas.

Dia de Festa no Velódromo - 1900

Esta fotografia mostra o Velódromo da União Velocipédica em dia de corridas. A fotografia foi tomada nos primeiros meses de funcionamento deste velódromo e o requinte das roupas tanto masculinas quanto femininas mostra o tipo de público que frequentava o local.

O Velódromo da União Velocipédica e o Local do Primeiro Velódromo

Nesta fotografia(acima) é possível observar a elevação e a inclinação que havia nas curvas da pista. Isto foi concebido para permitir maior velocidade aos ciclistas que chegavam a atingir 70 Km/h.
Na fotografia abaixo podemos ver o local onde foi construído o primeiro velódromo de Porto Alegre, também da União Velocipédica. Quando esta fotografia foi batida(1912) o local já servia como estádio para o Gremio Futebol Portoalegrense (Estádio da Baixada).


                 

Vista Geral da Parte Interna do Velódromo - 1900

Esta belíssima fotografia mostra um panorama da parte interna(pista e arquibancadas)do Velódromo da União Velocipédica (da Várzea). O pavilhão era coberto e a fotografia dá uma idéia do público e dos ciclistas que este esporte movimentava.

O Pavilhão do Velódromo - 1904

Nesta fotografia podemos observar as arquibancadas cobertas bem como parte da pista de cimento do Velódromo da União Velocipédica. Em primeiro plano, algumas bicicletas dos praticantes de ciclismo no início do Século XX.

Detalhe da Pista do Velódromo da Várzea Durante uma Corrida - 1904

A pista do Velódromo da Várzea tinha pista de cimento. Foi a primeira pista cimentada construída no Brasil. Possuia 333,30 metros de comprimento, tinha um traçado oval com as curvas elevadas em relação as retas. Consta que os ciclistas chegavam a atingir velocidades próximas aos 70 Km/h.

Ciclistas da União Velocipédica - 1900

Somente Virgilio Calegari poderia nos legar esta imagem. Muitas vezes ele fotografou aquilo que não parecia tão importante na época. Passados mais de um século, as imagens preciosas que nos legou permitem refazer os acontecimentos quase que passo a passo. Esta fotografia, tomada no interior do Velódromo, mostra um grupo de ciclistas da Sociedade União Velocipédica que tinha as cores azul e branco em suas camisetas.

Primeiro Velocípede a Chegar a Porto Alegre - 1869

Esta litografia da época mostra um desenho do primeiro modelo de velocípede que circulou em Porto Alegre. Foi importado pelo Sr. Dillon e por seu filho,Alfredo Dillon. Tinha a roda traseira com 80 cm. de diametro e a dianteira 10 cm. maior. Os pedais eram fixados diretamente no eixo dianteito e muitas partes eram de madeira (Angico)

Rua Sarmento Leite - 1901

Esta fotografia foi tomada de cima do Hospital de Beneficencia Portuguesa na Avenida Independencia e foca toda a extensão da rua Sarmento Leite. A pista azul(E) indica a posição do Velódromo da União Velocipédica também conhecido como "Velódromo da Várzea".

Um Triciclo da Época - 1900

Nem sempre a competição era o objetivo dos ciclistas. Nesta fotografia um integrante da União Velocipédica  aparece com seu triciclo de passeio levando na carona uma senhorita que provavelmente,era sua namorada.....pelo menos vamos torcer para que fosse.
Fotografia de Virgilio Calegari

Requinte e Elegancia das Frequentadoras do Velódromo - 1900

Duas belas senhoritas da sociedade portoalegrense posam para as lentes do consagrado Virgilio Calegari na virada do século XIX.O fato das fotografias serem tomadas juntamente com as bicicletas, mostra o quanto era importante na época este esporte dentro da sociedade mais abonada. A bicicleta da fotografia à esquerda é uma Slavia e a da direita não foi possível identificar com certeza mas parece ser uma Peugeot.

Folder da Bicicleta Adler - 1895

 A fábrica de bicicletas Adler foi fundada na Alemanha mais precisamente em Frankfurt no ano de 1886 por Henrich Kleyer. Muitas destas bicicletas foram importadas por membros da União Velocipédica e também da SOGIPA ( na época Turnerbund).  Dois modelos daquela época se acham preservados em Porto Alegre e em Santa Cruz do Sul em mãos de colecionadores particulares. Adler em alemão significa "Águia".

Localização do Velódromo da União Velocipédica - 2011

Estas duas fotografias tomadas nesta semana (20.02.2011) mostram a localização do Velódromo da União Velocipédica. Na fotografia superior observamos a Rádio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul(encoberta pelas árvores) e uma parte do prédio da Faculdade de Arquitetura, ambos situados na Sarmento Leite. O Velódromo se situava na área hoje ocupada pelos dois prédios. Na fotografia inferior aparece o prédio da Rádio da UFRGS que está no local exato onde ficava o pórtico de entrada do Velódromo.

Bicicleta Slavia - 1895

A bicicleta da marca Slavia, fabricada na antiga Checoslováquia (atual República Checa) era uma das muitas importadas pelos ciclistas de Porto Alegre naquela época. Este modelo era o feminino mas tinha também modelos para homens. Somente pessoas com posses financeiras podiam adquirir uma bicicleta dessas pois seu custo era muito alto para a classe média da época.
A fábrica Skoda, que depois veio a fabricar automóveis, era a proprietária da marca Slavia.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A Exposição Agroindustrial de 1901 em Porto Alegre

O Local Escolhido Para a Montagem da Exposição de 1901
Esta fotografia foi tomada mais ou menos um ano e meio antes da inauguração oficial da Exposição Agroindustrial de 1901. Nela, aparecem os terrenos onde seriam construídos os pavilhões da grande exposição. No local só tinha uma edificação que se salientava, o prédio da Escola de Engenharia (à direita na fotografia).As casas que aparecem ao fundo são da Avenida João Pessoa.

Panorama Geral da Exposição de 1901

Nesta fantástica fotografia panoramica de Luiz do Nascimento Ramos(LUNARA) podemos observar praticamente toda a área destinada a exposição de 1901. Aparece ainda o Velódromo e mais ao fundo, o Circo das Touradas.A fotografia abaixo mostra a área destinada aos animais que tinha vários estábulos,  um  pavilhão para as aves  e outro destinado a  apicultura. 
Na fotografia abaixo podemos ver o portão central de entrada da Exposição cuja localização era ao lado da Escola de Engenharia.

A Inauguração Solene da Exposição de 1901


Estas tres fotografias foram tomadas no dia da inauguração da Exposição de 1901.Na fotografia de cima o momento em que o Presidente do estado Borges de Medeiros entrava solenemente no recinto da exposição dando inicio a mesma. A seu lado está o Arcebispo D. Claudio José Gonçalves Ponce de Leon e ao lado deste, o Embaixador americano no Brasil, Charles Bryan Page.
Na fotografia do meio uma vista do grande público que acorreu naquele dia da inauguração que ocorreu  as treze horas e o público recebeu permissão para adentrar ao recinto a partir das quinze horas.
Na fotografia de baixo um flagrante do requinte das mulheres e também dos homens ostentando as roupas de gala típicas da época.

O Catavento Berta e o Restaurante

Na área central da exposição havia um catavento construído pela Indústria Berta. Além dos aspectos decorativos este catavento bombeava água de um poço que havia ali e fornecia água para os lagos artificiais e pequenas cascatas que foram construídas no recinto da exposição. Na fotografia abaixo, podemos observar um destes recantos com lago artificial

Na fotografia abaixo o detalhe do restaurante que ficava situado logo atrás do edifício da Escola de Engenharia

A Visita do Dr. Yamasch


Nestas duas fotografias vemos flagrantes da visita do cientista Yamasch à Exposição de 1901. O Dr. Yamasch era uma figura mundialmente reconhecida pela comunidade científica e foi convidado especialmente pelo governo do estado para visitar  a exposição.Na fotografia de cima ele caminha (ao centro) ladeado por membros do governo do estado. Na fotografia de baixo ele aparece sentado(segundo da direita para a esquerda) ao lado de Borges de Medeiros e outras autoridades.

Figuras de Destaque na Organização da Exposição

Antonio Augusto Borges de Medeiros

                       José Montaury de Aguiar Leitão                     João José Pereira Parobé
Centenas de pessoas foram mobilizadas na execução desta exposição, entretanto, tres figuras públicas se salientaram: O Presidente do Estado Antonio Augusto Borges de Medeiros cujo governo projetou e sustentou financeiramente a exposição, O Intendente de Porto Alegre José Montaury de Aguiar Leitão que foi nomeado Comissário Geral da exposição e o Engenheiro João José Pereira Parobé que era secretário do Interior e Obras Públicas e foi o responsável por todas as obras da exposição. Cabe ressaltar aqui que o Eng. Parobé foi quem projetou e construiu o edifício da Escola de Engenharia.

O Pavilhão dos Produtos Químicos

Um pavilhão (foto de cima) apenas para expor a indústria química foi construído no recinto da exposição de 1901. Chamou a atenção este cisne (foto de baixo) construído com  sabonetes de tamanhos variados.

A Parte Destinada aos Animais

                    Os Estábulos    
                                         
                  O Pavilhão da Apicultura

As duas fotografias acima mostram os pavilhões destinados a abrigar os animais e os produtos deles derivados e que tiveram espaço nesta exposição. Foi a primeira vez que  animais foram trazidos a uma exposição estadual e, este fato foi sem dúvida, o embrião de nossa atual Expointer.
Na fotografia abaixo um panorama da parte destinada aos animais onde aparecem os estábulos (mais a esquerda e o pavilhão da apicultura(mais a direita). Estes pavilhões foram o início do que é hoje a Expointer pois foram preservados e até ampliados até 1909 quando a exposição passou para o Menino Deus . Na década de 70 foi criado o parque de exposições em Esteio.

O Teatro do Parque

O Teatro do Parque foi uma construção em forma de concha destinada a apresentação de diversos espetáculos; musicais,circenses e também de cinematógrafo. Após o término da exposição ele permaneceu funcionando e somente foi demolido em 1912.

Pavilhão da Casa Negra

A Casa Negra era uma das mais tradicionais do comércio de Porto Alegre na época. Já tinha sido premiada na exposição de Chicago em 1893. Se pavilhão foi muito concorrido e na fotografia abaixo seu proprietário aparece ao lado de uma vitrina de produtos no interior do pavilhão.
Na fotografia abaixo, tomada pelos Irmãos Ferrari em 1895, podemos ver a Casa Negra que ficava situada na esquina da Marechal Floriano com a Rua José Montaury

Pavilhão de Festas e Recepções

Um pavilhão para festas e recepções foi construído pelo comissariado da exposição ao lado do edifício da escola de engenharia. Neste local foram recebidas as autoridades que visitavam a exposição bem como muitas festas e recepções  foram realizadas no pavilhão.
Hoje no local, situa-se o edifício denominado Château do antigo campus da UFRGS como vemos na fotografia abaixo tomada em 1998. Este edifício, em estilo Art-nouveau, abrigou inicialmente o Curso de Topografia da universidade e teve a sua construção iniciada tão logo se encerrou a exposição de 1901

Pavilhão de Porto Alegre

O Pavilhão de Porto Alegre era o maior pavilhão de toda a exposição pois abrigou as amostras de todo o comércio e a indústria da cidade. Foi também o mais visitado pelo público em geral. Ficava localizado onde hoje está o Instituto Parobé(antigo campus da UFRGS) na rua Sarmento Leite.
Na fotografia abaixo(1998) o Instituto Parobé na rua Sarmento Leite. O nome do instituto é uma homenagem ao Eng. João José Pereira Parobé, falecido em 1915 quando era diretor da Escola de Engenharia.

Pavilhão de Pelotas

Toda a força da indústria e do comércio pelotense se fizeram presentes na exposição com seu pavilhão que, depois do de Porto Alegre, foi o maior de todos. Esteve entre os que receberam muitos visitantes e tinha uma belíssima decoração interna como se pode observar na fotografia abaixo.